Com qual BIQUÍNI eu vou?

Matéria super legal sobre biquínis onde participei como colaboradora:

 

 

A moda neste verão é sentir-se bem!

A grande variedade de estilos garante um verão democrático em termos de biquínis. Estampas étnicas e modelos mais comportados estão em alta, mas os clássicos “cortininhas” nunca saem de moda

 

 

 

Caderno Verão 2009. Gazeta do Povo. 19/12/2008  Ana Letícia Genaro

Democracia de gosto e de estilo. Essa é a ordem na hora de escolher os biquínis para a estação. De acordo com o personal stylist André Azevedo, a variedade das peças é grande. “Vale tudo: com listras, flores, manchas, estampas, elementos de metal, versões multicoloridas e mix de estampas. Até mesmo os de bichos, que eram supertendência no verão passado, continuam com tudo”. Quanto ao tamanho das peças, a dica dos estilistas é apostar no conforto. “A moda é usar o que faz bem”, recomenda Lina Krieger, responsável pela coleção da marca KAS Lagoon. 

 

Clique aqui e veja os diversos modelos de biquínis!  

 

 

Estampas

Os desenhos africanos e as tapeçarias orientais são a grande novidade da estação. “Esses elementos agregam glamour e sofisticação aos biquínis”, afirma Mariana Adans, estilista da grife Cia Marítima. A milenar técnica indiana de tingir tecidos foi incorporada à moda do verão. “No tye-dye, o tecido é torcido, amarrado e então mergulado numa tinta. Quando é aberto, surgem os desenhos mais variados”, explica o produtor de moda Hércoles Terres. Segundo ele, as flores continuam em alta e aparecem principalmente nas releituras dos anos 60 e 70.

As listras e o xadrez também estão com tudo e o navy, que remete ao modelo marinheiro, voltou a ser usado como opção para quem quer algo clássico e confortável. Os desenhos de bichos aparecem agora com fundo em verde, azul e rosa. “Os grafismos e efeitos geométricos são itens que entram na lista das estampas que aparecerão nas praias nesse ano”, explica Adriano Ratzke, proprietário da marca Musa d’Água.

 

 

 

 

Modelos

 No geral, os tamanhos dos biquínis para esse verão estão maiores. “O que se valoriza hoje é a beleza de uma mulher por completo. Não é só o corpo bonito que conta, mas também os cabelos, o rosto, o sorriso. Isso se reflete na moda praia, que está mais comportada”, diz Terres. A estilista Mariana destaca a tendência das tangas saint-tropez. “É um charmoso modelo mais baixo, com a parte de trás maior, que pode vir tanto com as laterais de amarrar quanto com detalhes de argolas ou correntes. Mas nada tira o reinado do cortininha amarradinho”, garante.

Para a parte de cima, os modelos tomara-que-caia tradicionais e com fitas para amarrar no pescoço merecem atenção. “Esse tipo de top é interessante porque evidencia o colo feminino”, explica o produtor Hércoles Terres.

 

 

 

 

Tecidos e detalhes

Peças feitas com tecidos que imitam veludo e de lycra com gel são outras apostas para o verão desse ano. “O gel garante um brilho a mais e, de quebra, tem função de impermeabilizar os biquínis”, afirma Lina, da KAS Lagoon.

Para dar um toque especial às coleções, os mais diversos artifícios decoram as peças. “As inúmeras modelagens, com brilhos, argolas, plissados, apliques, pedrarias e também paetês são novidades do verão. Dependendo da ocasião, podem ser usadas fora da areia também. É superchique”, recomenda Azevedo.

 

 

 

 

Um corpo, duas medidas

 Encontrar um biquíni que vista bem tanto a parte de cima quanto a de baixo é mais complicado do que parece. “Sempre preciso de um top com uma numeração maior do que a da tanga. Em muitos casos deixei de comprar biquínis porque umas das peças não dava certo”, diz a administradora Alessandra Dzyekanski. De acordo com a personal stylist Cintia Castaldi essa é uma dificuldade recorrente. “As mulheres geralmente diferem quanto ao tamanho dos seios e dos quadris. O ideal, nesses casos, é encontrar lojas que vendem as peças separadas”, diz. Tanto em Curitiba quanto no litoral algumas lojas já adotam esse esquema de vendas. “A gente percebe que fica muito mais fácil para as clientes. Tem pessoas que compram conosco justamente porque há essa opção de levar os tamanhos diferentes”, diz Melissa Nazário, vendedora da KAS Lagoon.

 

Para cada corpo, uma solução

Escolher o biquíni para curtir o verão não é tarefa fácil para a maioria das mulheres. Sempre tem aquele pneuzinho que incomoda, o quadril que é grande ou o bumbum que podia ser maior… De acordo com a personal stylist Cintia Castaldi, o ideal é a mulher se olhar no espelho e ver o que realmente tem vontade de esconder e o que quer valorizar. “É preciso usar a diversidade de modelos, cores, estampas e detalhes a seu favor.” 

Se a preocupação são os seios grandes, Cintia sugere um top com sustentação reforçada. “Os biquínis com bojo ou com a amarração mais larga no pescoço podem ajudar a segurar melhor”, explica. Segundo a consultora, os tops com corte em “V”, característica do tipo frente única, equilibram o tamanho dos seios com o resto do corpo.  

Já as mulheres com seios pequenos podem abusar dos sutiãs com estampas, drapeados e babados, que dão a sensação de que eles são maiores. “Existem inúmeras opções com bojo pra aumentar o volume. Só cuidado para não fazer propaganda enganosa”, brinca a produtora de moda Karla Fragoso. 

Para quem tem o quadril largo, Karla recomenda que sejam usadas calcinhas com cores escuras e com menos estampas, para disfarçar. É importante também que a tanga tenha a lateral mais larga. “Detalhes, como cintinhos estampados e faixas drapeadas, podem ser utilizados para harmonizar as peças”, diz o proprietário da marca Musa d’Água, Adriano Ratzke. 

No caso dos quadris estreitos, o ideal é vestir um modelo com o cós mais baixo e cavado. “Os modelos tipo sunga devem ser evitados. A pessoa pode adotar os lacinhos e detalhes nas laterais, que alongam o quadril”, indica Cintia. 

Se o bumbum pequeno incomoda, ela recomenda as calcinhas mais altas e cavadas, que valorizam o tamanho dessa parte do corpo, evitando-se as sungas, que achatam.  

Para disfarçar a barriga saliente, modelos com o cós alto e as tiras laterais mais largas são ideais. A dica é abusar da volta dos retrôs, mais comportados, e as cores escuras devem ser priorizadas. Já as mulheres que sofrem com os pneuzinhos devem evitar tangas com cordinhas para amarrar nas laterais ou tiras estreitas, que evidenciam a cintura.

 
Onde Encontrar:
Accessorize: (41) 3322-5075
Arezzo: (41) 3322-2218

Kas Lagoon: (41) 3076-6797

Musa D’Água: (41) 3569 0072

Rosá Chá: (41) 3225-4445

Sport Batel: (41) 3013-6999

Track&Field: (41) 3224-0940

Fonte:

Jornal Gazeta do Povo. Caderno Verão 2009. 19/12/2008.

 http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/verao/modaebeleza/conteudo.phtml?tl=1&id=839158&tit=A-moda-neste-verao-e-sentir-se-bem

 

http://portal.rpc.com.br/gazetadopovo/verao/modaebeleza/conteudo.phtml?tl=1&id=839161&tit=Para-cada-corpo-uma-solucao

Cintia Castaldi no Twitter!

Anúncios

Um comentário sobre “Com qual BIQUÍNI eu vou?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s